terça-feira, 21 de novembro de 2017

Deus é bom!

Olá pessoal!!!

Quero agradecer a todos pelas lindas mensagens de carinho que recebi por este aniversário. 

Posso dizer que se não fosse pelo Senhor, este dia não seria possível. Deus é bom. Mesmo que as coisas não estejam acontecendo da forma que a gente queria mas Deus continua sendo bom. Já passei datas comemorativas muito triste mas eu sabia que Deus continuava sendo bom.

Neste ano, no meu coração queria muito passar minhas férias viajando,  relaxando ao lado do meu amado marido, porém as condições não estavam sendo favoráveis.  Nada estava acontecendo, eu não conseguia desacelerar, estava trabalhando muito e sem tempo pra nada,  não tinha sequer o lugar definido,  enfim,  não sabia como seria meu dia. O Renato orou pedindo a Deus uma oportunidade pra gente viajar, até que as portas começaram a se abrir: valores dentro do orçamento começaram a aparecer,  o lugar, estratégias pra curtir sem gastar muito,  enfim, apenas apreciar as coisas de Deus e agradecer.  Só agradecer. 

Eu achei que ficaria em casa mas Deus me surpreendeu. Quando confiamos em Deus podemos crer que ele fará o melhor.

Vim para Florianópolis e entendi.  A natureza,  a beleza,  a paz, quietude...tudo voltando para Deus pra lembrar que só Ele faz. Só Ele realiza.

Orei pedindo sol. Apenas isto. Queria um dia lindo. E olha só,  Deus deu!♡

Quando me levantei hoje me lembrei de duas passagens:

Lamentações de Jeremias: 3. 22 e 23:

"A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade"

Salmos: 2. 8

"Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e as extremidades da terra por possessão".

O que eu daria ao Senhor por tantos benefícios? Obrigada Senhor por tudo!  Minha alma se deleita nisso e tu sabes muito bem :)

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Para onde ir?


"Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna". João 6.68
Se estiver passando por uma difícil em alguma área da sua vida, agarre-se a Deus. Busque-o com todas as forças que puder.  Ele nunca falha!

A bíblia conta uma história muito simples e direta: Jesus estava falando com seus discípulos (como sempre), mas no momento em que ele os confrontava sobre aqueles que criam e os que não criam, muitos discípulos o deixaram (Jo 6.66). Era duro ouvir algumas verdades, mas alguém tinha que dizer e ninguém melhor que o filho de Deus.

Aqueles que ficaram, Jesus também perguntou: "E vocês? Não querem ir embora também?". Até que Pedro, humildemente reconheceu que não havia outro lugar para se ir (versículo 68).
A vezes não sabemos para onde ir. Todos estão indo, ficam alguns poucos e os que ficam não sabem bem o que fazer, para onde ir. Sinto que nesta passagem Pedro não tinha muito o que fazer a não ser confiar que as palavras de Jesus eram verdadeiras, por isso ele ficou. Não acontece o mesmo com a gente? Jesus está falando, é difícil de ouvir mas precisamos tomar um dos caminhos: ir embora ou ficar e confiar na sua palavra e algumas vezes, confiar em Deus parece ser algo difícil. Abstrato. É difícil confiar em algo que não podemos enxergar com olhos naturais.

Corremos para todos os lados: procuramos amigos ou pessoas que se simpatizam com nossa dor, buscamos auxilio em redes sociais, queremos oração do profeta, gente que lute por nós, mas a verdade que nada acontece se não formos direto para aquele que nos formou na barriga da nossa mãe. Quando Jeremias estava triste, se lamentando, ele confiou que Deus é tudo o que ele tem:
"Deus é tudo o que tenho; por isso, confio nele". Lamentações 3.24


Podemos buscar ajuda em livros, em médicos, em lideres espirituais, em familiares e alguns amigos de confiança, mas a verdade é que só Jesus tem a palavra de vida que a gente precisa. A questão é que, se formos embora, se deixarmos Jesus, aí que não teremos direção mesmo da nossa vida.
Por um tempo da minha vida eu fazia muito isso. Quando eu  enfrentava algum problema, eu já queria compartilhar com pessoas de confiança na intenção de orarem por mim ou até mesmo, me direcionarem em alguma coisa que eu poderia estar fazendo errado. Isto não é ruim mas passou a ser quando eu percebi que eu na verdade não queria fazer nada. Queria ser preguiçosa ao invés de buscar mais a Deus. Quando eu percebi essa dependência dos outros, percebi que eu estava impedindo a mim mesma de pensar sozinha e principalmente,  de crescer mais na fé. Tenho aprendido desde então a buscar ao Senhor na hora que eu quiser, para falar o que eu quiser, pois afinal, o único mediador entre Deus e os homens é Jesus, e ele quer ouvir o que eu tenho a dizer.

E quer te ouvir também.

Obs: Todos nós vamos levar muitas pauladas da vida, mas seguir Jesus e confiar nele, continua sendo o melhor caminho. Aprendi isso há alguns anos...

Para meditar hoje: João 6.68, Lamentações 3 e Salmos 139
JS

Prontos pra batalha?


"Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes". Efésios 6.13
Todo o cristão deve sempre ler nas Escrituras, o livro de Efésios. Sempre estaremos em batalha. Se estivermos prontos para os dias difíceis poderemos ter a certeza de que o peso será muito menor do que o que poderíamos carregar, uma vez que teremos sobre nós o fardo leve de Jesus.
Quando não sabemos quando o dia mau virá, precisamos nos revestir sempre. A razão pela qual enfraquecemos na fé, é porque esquecemos de nos revestir. Esquecemos de que, embora nossa luta não seja contra as pessoas, há espíritos malignos usando-as para nos ferir. Portanto, ao sermos atacados, não resistiremos e se não nos levantarmos bem rápido, deixaremos a fé.
Quando lembro das inúmeras coisas pelas quais passei, coisas que poderiam ser motivo para eu viver desanimada, sem Deus, eu mal posso acreditar como consegui passar por tudo aquilo e me manter firme. Houve momentos é claro que o choro tomou muitas das minhas noites, mas um dia, a alegria veio ao amanhecer. Isto significa que resolvi confiar em Deus e deixá-lo agir até que aquela fase foi embora.
Ainda existem várias áreas da minha vida que precisam que eu confie em Deus. Há algum tempo, enquanto orava com dor no coração pelas lutas que temos enfrentado, chorei bastante de tristeza, levei tudo para o Pai, até que quando percebi eu já estava falando para o Senhor que eu sabia que esta fase vai passar, que confio nele, que quero o Seu melhor para mim.  Acredite, quando você leva tudo para Deus, de todo o coração, sua luta não acaba ali instantaneamente e tudo fica Ok de repente, mas você sai da sua oração com o coração em paz. E paz, é uma coisa que não tem preço.
Revista-se. Leia Efésios 6. Veja as armas que Deus coloca ali e veja se falta alguma delas na sua vida. Seja uma, sejam todas, fique firme. Fique preparado. Confie em Deus no caminho que você não pode ver, mas que será um caminho feliz no final.
Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.
Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei.
Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração.
Jeremias 29:11-13


Para meditar hoje: Efésios 6 e Jeremias 29.11-13

JS

sábado, 18 de novembro de 2017

Deus controla a sua vida


Veja, eu gravei você nas palmas das minhas mãos;

Isaías 49:16



Uma das coisas que mais edificam minha fé é saber que Deus conhece e controla toda a nossa vida.  Honestamente, é um alívio saber disto.
Podemos querer fazer tudo a nossa maneira, mas a palavra final é sempre Dele. Ele é quem dá a vida e tira. Ele é quem sabe quantos fios de cabelo nós temos e escreve nosso nome na palma da mão dele.  Eu particularmente só lembro de ter escrito na minha mão números de telefones ou senhas.
No ano passado meu marido e eu fizemos uma viagem de férias. No retorno, pegamos um voo a noite e adivinhem? Turbulência!!! Mas esta não era qualquer turbulência. Eu realmente achei que o avião fosse cair. Não me lembro de sentir tanto medo assim na minha vida. Já pedi perdão pelos meus pecados ali mesmo ao lado do meu marido e de outro estranho que olhava pra mim com a mesma cara que eu, achando que fosse morrer...
Ocorre que naquela semana, havia acontecido o acidente aéreo da Chapecoense. O país inteiro sentiu a perda e claro que, naquele voo, todo mundo ficou apreensivo em ir embora pra casa. São nessas horas que nossa confiança em Deus é provada.
Só Deus poderia segurar aquele avião. Só Deus pode controlar a nossa vida. Sua vontade é sempre perfeita, mesmo quando não entendemos na hora.
Quais são as coisas que você gostaria de ter o controle mas não tem? Será que seria melhor mesmo se você tivesse este controle?
Para meditar hoje: Isaías 49.16
JS



sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Onde meus pés podem falhar...


Tua voz me chama sobre as águas
Onde os meus pés podem falhar
Oceans / Hillsong United – Versão em Português
Quando passamos por um sofrimento só vamos compreender melhor o sentido de confiança quando vamos até Deus e não quando fugimos dele.

Na bíblia há uma historia que ilustra perfeitamente o que quero dizer.  Vamos falar de Pedro. Sim, podemos nos lembrar daquele Pedro que negou Jesus, mas este mesmo Pedro confiou no que Jesus disse pra ele:

"Senhor", disse Pedro, "se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas".
"Venha", respondeu ele. (Jesus)

Então Pedro saiu do barco, andou sobre a água e foi na direção de Jesus.
Mateus 14:28,29


Entretanto, olhe o que aconteceu em seguida:

Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: "Senhor, salva-me! "
Mateus 14:30"
Podemos novamente nos lembrar de Pedro afundando no meio do mar porque teve medo. Afinal, quem não teria? Você mesmo já tentou só por pura curiosidade, sair de um barco e andar na água pra ver o que acontece?
Nem tentamos, e já sabemos que vamos afundar.
Só que para Pedro, num primeiro momento, “afundar” não era uma opção.
Ele confiou e só queria chegar até Jesus.
Aqui fica a lição. É claro que podemos falhar um milhão de vezes, seja com Deus ou com as pessoas. Podemos falhar e nos decepcionar com nós mesmos. Ainda assim, Deus quer que, sobre qualquer tempestade, possamos confiar Nele que a seu tempo Ele virá nos resgatar.


Para meditar hoje: Mateus 14.25-33

JS

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Confiar


Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. Lamentacoes 3.21
Este texto eu escrevi há quase um ano. Foi uma experiência única com Deus e por isso escrevi. Não queria deixar passar algo tão forte em minha vida porque eu sabia que no futuro eu deveria compartilhar.
***
Hoje é dia 13 de dezembro de 2016. Meu relógio marca 5h10 da manhã. Eu deveria estar dormindo há muitas horas. Desde que fiz minha ultima oração antes de dormir, as 3h, bem, não consegui efetivamente dormir. Há alguns dias atrás eu tinha feito 3 dias de jejum só de pão e água, apresentando áreas da minha vida e da minha casa pelos dias negros que estamos passando. Acredito que meu espírito estava mais sensível do que eu posso expressar em palavras.
Foi estranho. Na minha oração, orei pela minha vida, meu esposo e nossas batalhas a serem vencidas de joelhos. Me ungi com óleo da unção e mesmo assim, não dormi. Meu quarto, não tão escuro graças as janelas meio abertas, o som do cachorro latindo na rua, o som da madrugada e eu olhando para o teto e o meu guarda roupa... fiquei pensando nas ultimas coisas que tenho vivido,  pensando em Deus, até que a palavra Confiar começou a se formar na minha mente. Confiar em Deus nos tempos difíceis. Confiar em Deus quando o sol não brilha mais. E seguindo meus pensamentos, perguntei na minha mente para Deus o que seria confiar Nele. Até que ele me respondeu:
Confiar pode ser comparado a alguém em quem coloco uma venda em seus olhos e puxo pela mão, no caminho que só eu sei qual é o melhor.


Me deu um estalo. Me levantei da cama e fiquei parada no meio da sala, até que enfim,, vim registrar porque não queria perder nada do que Deus poderia estar falando para mim.
Talvez você seja como eu que esteja vivendo dias maus. Dias em que é fácil a fé se perder no meio da razão, naquilo que os olhos veem, quando precisamos nessas horas, ter a certeza de que vamos receber as coisas que esperamos e a prova de  que existem coisas que não podemos ver. Segundo Hebreus 11, essa é a definição de fé. E ter fé é confiar no trabalho de Deus.
Há alguns dias eu me sentia como Jeremias no livro de Lamentações capitulo 3. Jeremias estava sofrendo. Estava se sentindo sozinho e moído pelas aflições da vida, até que ele diz que quer trazer a sua memoria o que pode lhe dar esperança. Quando o dia mau vem, precisamos renovar nossa esperança, nossa fé, lembrando das coisas boas que Deus já fez por nós lá traz. Mesmo que você não se recorde, lembre-se de algo bom que Deus fez hoje para você.  
Seja grato. Ser grato a Deus nos dias difíceis, é uma das formas mais lindas e eficaz para você acreditar que essa fase difícil, logo vai passar.

***
Para meditar hoje: Lamentações 3.21
JS

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Introdução - Confiando em Deus





        Olá pessoal, paz!
        Estou em férias! :)
      Carregarei as baterias mas enquanto descanso quero compartilhar com vocês nos próximos dias uma série de mensagens. Mensagens de fé, de crescimento espiritual, de reflexão sobre Deus e sobre a gente, seres humanos. Algumas mensagens surgiram durante uma crise que não lembro de ter vivido em minha caminhada cristã há muitos anos mas que foram guardadas para este momento. Na verdade, não lembro mesmo de ter passado por algo assim há muito tempo.

          Foram dias maus que ficaram lá trás mas sei que muitos estão vivendo dias difíceis assim como eu vivi. No entanto, quero te encorajar! Quero influenciar você a buscar mais de Deus, mais de sua presença. O caos pode ser bem vindo em nossa quando quando podemos extrair dele crescimento pessoal, crescimento na fé. Mesmo depois de 20 anos de conversão, de repente, eu me encontrava em uma fase em que enfermidades, desemprego, uma crise ministerial e o sentir falta da família e amigos me fizeram pensar porque eu estava passando por tudo aquilo. A palavra que diz que melhor é o fim das coisas do que o inicio delas foi um alarme para mim (Ecl 7.8). Precisava urgentemente rever minha vida com Deus para não ter um final de jornada ruim.

          Não lembro se era um sonho, uma impressão ou uma visão. De repente me vi em total escuridão, em trevas e quando acordei ou percebi, veio a necessidade urgente de buscar mais ao Senhor. Não sei o que aquilo queria dizer na hora, só sei que fiquei com medo e precisava de Deus agora mais do que
nunca.

          Fiz inúmeras perguntas pra Deus. Nessas horas, ansiei por respostas que eu estava sem. Todos nos passamos por dias ruins, desejamos respostas, e tudo o que nos resta é confiar num Deus que trabalha quando não podemos sentir ou ver.

          As vezes enfrentamos problemas assim, outras vezes não é tão grave como parece. Colocamos uma lupa na dificuldade e nos desesperamos facilmente, buscando socorro rápido que resolva nossos problemas. Se o governo não prospera por exemplo, colocamos a culpa em quem está lá, quando devemos conhecer e avaliar em quem votamos, além de a bíblia nos ensinar a orar pelos nossos governantes. Se estamos endividados, ao invés de fazer um planejamento e orar ao Deus do céu por sua provisão, vamos direto no Banco buscar um empréstimo onde acabamos nos tornando escravos do dinheiro. Se não estamos nos sentindo bem já tomamos posse do diagnostico médico e enchemos nossa casa com remédios, quando a bíblia diz que pelas pisaduras de Jesus nós somos sarados. Se nos desentendemos com alguém, preferimos o orgulho a lavar os pés do outro.

          Soluções aparentemente rápidas que ofuscam nossa visão no Deus a quem dizemos servir e confiar. 

          Infelizmente, é incrível admitir como sozinhos conseguimos fazer tantas bobagens, mas como precisamos de Deus para solucionar as bobagens que fizemos.

          Quando pensei em escrever sobre esta fase, abrir meu coração para edificar outros, a princípio, fiquei com vergonha. Pensei que ainda estou aprendendo a confiar. Pensei na minha "reputação", na força que transpareço ter, pensei que minhas fraquezas poderiam diminuir o Deus que eu creio. Felizmente, lembrei da palavra que diz que o poder de Deus se aperfeiçoa em nossas fraquezas (II Co 12.9). A graça de Deus é tudo o que nos basta! Que Ele cresça e que eu diminua até não mais existir.

          Quando a situação foge do nosso controle, ao invés de gritarmos aos quatro cantos, veja a oportunidade que está surgindo para Deus agir. Talvez seja nessa situação que devemos a aprender a confiar Nele, principalmente se são dias difíceis.

          Para meditar hoje: Eclesiastes 7.8:

"Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas; melhor é o paciente de espírito do que o altivo de espírito"

domingo, 8 de outubro de 2017

"Porque Deus me desamparou?"


"Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que te alongas do meu auxílio e das palavras do meu bramido? Deus meu, eu clamo de dia, e tu não me ouves; de noite, e não tenho sossego.

É certo que enquanto Deus não nos chamar, passaremos por aflições.

É difícil pensar em Deus no meio da dor. Ela parece que desfoca nossa atenção do verdadeiro alvo. Mais difícil ainda adorá-lo, dar a Deus uma canção, quando estamos mergulhados em profundo desamparo. Nos Salmos 22, quando Davi relata este sentimento, ele encontra Deus através da adoração:


"Então declararei o teu nome aos meus irmãos; louvar-te-ei no meio da congregação"


Era uma declaração no meio de uma aflição. 

Normalmente, quando passamos por momentos difíceis, é mais fácil culpar a Deus ou as pessoas pelos problemas, afinal, alguém precisa ser o culpado. É mais fácil desabafar nas redes sociais ou procurar pessoas que nos falem o que queremos ouvir. A dor muda a vida da gente e sem a ajuda de Deus, podemos facilmente perder de vista quem Deus é; quem nós somos e seu propósito para aquele acontecimento; perdemos de vista facilmente que Ele caminha com a gente neste processo que Ele já conhece.

 "Senhor, porque o Senhor me desamparou?". "Onde o Senhor estava quando eu estava na minha mais profunda dor?". "Tenho orado tanto e nada tem acontecido". "Não tenho paz, estou sozinho".

Jesus também fez esta oração. Nos seus momentos finais, ele enfrentou profunda dor e a bíblia diz que por 3 horas, houve trevas por toda a terra. Na última hora, ele clamou em alta voz: "Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste?" (Mateus 27.45). Quando enfrentamos a dor, enfrentamos os dias escuros e parece que a luz que nos orienta, desaparece.

Deus pode desamparar o homem e isso eu garanto que, se um dia você se sentir desamparado por Deus, nada e ninguém poderá consolar e direcionar seu coração. O desamparo de Deus é intencional. Nos força a crescer, a crer e a ter certeza de que com orações respondidas ou não, Deus continuará sendo o Senhor da nossa vida. Jesus sabia disso e o salmista Davi também:


"Pois não menosprezou nem repudiou o sofrimento do aflito; não escondeu dele o rosto, mas ouviu o seu grito de socorro"


A dor não é eterna. Ela teve um fim para Jesus, terá um fim pra mim e terá pra você tambêm. Deus pode nos desamparar por alguns instantes mas não se esquece de nós. Deus pode não nos responder no tempo ou como gostaríamos, mas nos ouve. Foi intencional com Jesus e é intencional com a gente, entretanto, mesmo nos desamparando, Deus não perde o controle do que acontece em nós e ao nosso redor. Ele continua sendo Deus e no final veremos que tudo cooperou para o nosso bem.

Podemos encontrá-lo enquanto o buscamos. Sabe quando você fala com alguém, a pessoa está lá mas apenas não te responde? Com Deus é mais ou menos assim. Vamos passar pela dor, vamos nos sentir sozinhos, sozinhos de verdade assim como Jesus se sentiu, mas ainda quando clamarmos por Ele, Deus continuará presente e nos responderá quando menos esperarmos. 

Com amor
JS

domingo, 9 de julho de 2017

Você é único


Olá pessoal!



Como é bom sabermos que há um Deus que nos ama. 
Apesar do pecado, a única coisa que nos separa Dele, seu amor permanece. Podemos recorrer a Deus neste momento, da forma que estamos: quebrados, machucados, cheios de pecado, de incertezas, de impurezas, que Ele ainda vai nos receber em sua presença. Seu amor dura para sempre. Sua misericórdia se renova nesta manhã. Suas mãos continuam estendidas para nos levantar, seu poder disponível para nos salvar e e sua voz continua a nos dizer: "Você é meu filho amado a quem tenho tanto prazer". 



Eu amo o amor de Deus. Amo saber que, mesmo neste mundo tão moderno, tão high tech, onde pessoas perderam a forma de se comunicar umas com as outras, Deus continua a se comunicar com a gente. Deus está presente e seu convite pessoal para ir morar com ele no céu continua de pé. Ele nos fez únicos. Cada um de nós temos nosso grau de importância pra Ele, porque Ele é nosso pai, e nossa morada não é aqui. 

Amo o Salmo de Davi nos Salmos 139. Uma verdadeira declaração de como somos únicos pra Deus. Ele nos fez, conhece nosso pensar, nosso falar, até a palavra que nem chegou a nossa boca ele conhece... todos os nossos dias Deus já conhece. Nada o surpreende, nem mesmo o que se refere a nosso respeito. Sim, Deus conhece tudo sobre a gente: nosso passado, nosso presente, nosso futuro!!! Uau!!, E como filhos, podemos ter a certeza de que nosso futuro com Deus é sempre bom. Apesar de lutas, tribulações dores, fardos, podemos ter a certeza de que tudo terminará bem quando Deus está do nosso lado. 

Tire alguns instantes agora mesmo e pense em como Deus tem sido bom com você, nas pequenas coisas, Vamos meditar nos Salmos 139. Agradeça pela oportunidade de saber que você é único, que Deus te ama como está, mas te ama demais para deixar da forma como você está. Deus nos fez únicos, assim como ele é, e seu desejo é curar nosso coração, nos colocar de pé outra vez para declarar sua bondade e graça e o poder da sua redenção.

Salmos 139: 1-24


Senhor, tu me sondaste, e me conheces.
Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento.
Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos.
Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó Senhor, tudo conheces.
Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão.
Tal ciência é para mim maravilhosíssima; tão alta que não a posso atingir.
Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?
Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também.
Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar,
Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.
Se disser: Decerto que as trevas me encobrirão; então a noite será luz à roda de mim.
Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa;
Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe.
Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.
Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra.
Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia.
E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grandes são as somas deles!
Se as contasse, seriam em maior número do que a areia; quando acordo ainda estou contigo.
Ó Deus, tu matarás decerto o ímpio; apartai-vos portanto de mim, homens de sangue.
Pois falam malvadamente contra ti; e os teus inimigos tomam o teu nome em vão.
Não odeio eu, ó Senhor, aqueles que te odeiam, e não me aflijo por causa dos que se levantam contra ti?
Odeio-os com ódio perfeito; tenho-os por inimigos.
Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos.
E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno.


domingo, 23 de abril de 2017

O maior amor...uma pequena reflexão


Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.
João 15:13


          Sabemos que Deus nos ama como Pai. Toda pessoa que tem filhos diz que não há amor maior que este, de um pai ou mãe pelo seu filho. E aqueles que não tem filhos, parecem que ficam sem entender que amor tão grande e profundo é este.

          Mas, quando lemos João 15, uma passagem que fala sobre a videira, Jesus, aquele que, se permanecermos nele, ele nos podará, nos limpará para darmos mais frutos...essa mesma passagem fala não só de frutos, não só de "poda", de sermos limpos, ou até mesmo, de escolhermos não estarmos junto a ele. Fala qual é o maior amor que alguém tem pelo outro, e não é o amor de pai. Jesus não teve filhos em seu tempo na terra, mas nenhum amor foi maior do que o dele:

         Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos....

          Se temos filhos, damos nossa vida por eles, mas não a daríamos por um amigo.

        Por melhor que nosso amigo fosse, na lei de "sobrevivência", entre a nossa vida e a dele, naturalmente, tendemos a nos salvar. Este versículo, vale no mínimo uma reflexão sobre o verdadeiro sentido de amar aos olhos da Palavra:

                       " Ninguém tem maior amor do que este....
                                                                                     de dar alguém a sua vida... 
                                                         pelos seus amigos"

Com amor
JS


Curtiu o Blog? Registre aqui!